Durante o período de fim de ano, a movimentação de passageiros em todo o país aumenta significativamente. É o momento de planejar a viagem levando em conta uma série de fatores, como por exemplo, a previsão do tempo, especialmente na região Sudeste, onde ocorrem chuvas intensas durante o verão com impactos nos aeroportos.

Portanto, para que a experiência de viagem seja mais agradável, a Associação Brasileira das Empresas Aéreas (ABEAR) recomenda contato prévio com a companhia aérea para confirmar o status do voo, principalmente quando está chovendo forte e há nevoeiro. Atenção especial para quem for embarcar nas próximas sextas-feiras, dias 21 e 28, quando o volume de viajantes deve ser o maior no período.

A ABEAR também lista aqui outras recomendações básicas que evitam transtornos e atrasos de última hora.

 

Check-in

Opte sempre que possível pelo check-in online ou por celular. Isso evita a formação de longas filas e simplifica o processo de embarque.

 

Planeje sua ida ao aeroporto

Nos grandes centros, o trânsito costuma ser mais intenso do que o normal durante o fim de ano. Muitas pessoas aproveitam o período e vão aos centros comerciais para as compras de última hora. Portanto, leve em conta sair com antecedência de casa até o aeroporto para ter um embarque tranquilo. Para voos domésticos, chegue com duas horas de antecedência. Nos voos internacionais, considere quatro horas.

 

Documentação

Antes de sair de casa, é importante checar toda documentação, com atenção redobrada para crianças e adolescentes. Para viagens nacionais, valem carteira de identidade, CNH, carteira de trabalho e profissional (ex. CREA, OAB) ou passaporte. É sempre bom deixá-los em local de fácil acesso até entrar na aeronave.

 

Bagagem de mão

Preste atenção no peso, volume e objetos permitidos para bagagem de mão – a soma de comprimento, altura e largura não pode ultrapassar 115 cm, o peso máximo é de 10 kg, e não são permitidos objetos pontiagudos, cortantes, que produzam fogo, ferramentas e substâncias tóxicas ou inflamáveis, entre outros itens.

 

Bagagem despachada

Em voos domésticos ou internacionais, o transporte de bagagem despachada é um serviço oferecido ao passageiro e pode ser cobrado. Valores e limites variam de acordo com o destino, a classe em que se viaja, o tamanho da aeronave, o tipo de tarifa, a política da companhia aérea e o status do passageiro nos programas de relacionamento – leia com atenção o contrato de transporte para se informar sobre as regras para a sua passagem.

Confira também informações sobre dimensões das bagagens permitidas e sobre franquia de bagagem para crianças de colo. Atenção: os limites variam de país para país e entre as companhias, portanto é essencial se informar sobre a regra de bagagem caso você vá fazer qualquer outro voo.

 

Raio-X

Evite o uso de roupas e acessórios metálicos que possam ser interceptados pelos aparelhos de raios-x, como broches, cintos, brincos, pulseiras, relógios entre outros, e verifique moedas e smartphones. Sapatos sociais costumam conter uma pequena barra de ferro que pode acionar o equipamento.

 

Olho no painel

No bilhete, consta o número do portão do embarque, mas fique sempre atento aos painéis de informação de voo espalhados pelo aeroporto. Por questões operacionais, o portão de embarque está sujeito a alterações.

 

Peça informação

Ao encaminhar-se para despachar as malas, por exemplo, certifique-se sempre de que está na fila correta. Na dúvida, consulte os funcionários da companhia aérea para não perder tempo antes de embarcar.

 

Vacinação

Passageiros que optarem por viagens para destinos internacionais devem prestar bastante atenção para as exigências na hora de ingressar nesses países, como a vacinação contra a febre amarela. Muitos passaram a pedir o Certificado Internacional de Vacina ou Profilaxia (CIVP), fornecido pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Veja aqui mais informações sobre CIVP, como procedimentos para obter o documento e lista de países que apresentam a exigência e prazo, entre outras orientações.

 

Mais informações também estão disponíveis no Guia do Passageiro da ABEAR.

 

Via – ABEAR