F-35C água
Foto mostra o F-35C da Marinha dos EUA após cair no mar.

Já circula na internet a primeira imagem vazada do F-35C da Marinha dos EUA que caiu no mar ao tentar pousar em um porta-aviões na última segunda-feira (24). Sete militares ficaram feridos, incluindo o piloto que ejetou do caça stealth. 

A foto mostra o F-35C nas águas do Mar da China Meridional. É possível ver que o jato está sem o canopy, restando o para-brisa aparentemente chamuscado, marcas da ejeção do piloto. Na água são vistos pedaços de vários tamanhos e formas perto da aeronave. 

A imagem surgiu inicialmente no Reddit, publicada pelo usuário u/sdhka34d e rapidamente se espalhou pelas outras mídias sociais na manhã desta quinta-feira (27). Até o momento, nenhum órgão oficial se pronunciou sobre a foto. 

Continua depois do anúncio

O acidente ocorreu na última segunda-feira quando o F-35C tentava pousar a bordo do USS Carl Vinson (CVN-70) durante manobras da Marinha dos EUA no Mar da China Meridional. As causas do acidente não foram informadas.

No primeiro comunicado, a Marinha não informou o status da aeronave, vindo a confirmar no dia seguinte ao acidente que o avião realmente caiu no mar. O F-35C pertencia ao esquadrão VFA-147 Argonauts, atribuído à Carrier Air Wing (CVW) 2. Esta é a primeira unidade de F-35C a participar de uma viagem operacional, que teve início em agosto de 2021

F-35C pouso CVN-70
F-35C do VFA-147 pousando a bordo do USS Carl Vinson. Foto: US Navy.

Ao todo, sete militares ficaram feridos. Três, incluindo o piloto do caça, foram levados para um hospital militar nas Filipinas. Os quatro restantes foram tratados pela equipe médica do porta-aviões, sendo três liberados no mesmo dia. 

Continua depois do anúncio

Agora, os Estados Unidos correm contra o tempo para encontrar o avião e resgatá-lo do fundo do mar. A maior preocupação do momento é evitar que o F-35 e seus segredos caiam nas mãos dos seus maiores adversários, Rússia e China. Com a aeronave em relativo bom estado, mesmo após cair no mar, as coisas só pioram para os EUA.