A Boeing precisou novamente cancelar nesta sexta-feira (24/01) o primeiro voo do 777X, devido à fatores climáticos na região de Everett, após uma tentativa que rendeu uma live de quatro horas.

Mesmo com o vento forte e o frio, centenas de funcionários da empresa se reuniram no Paine Field para o voo, assim como os membros da mídia. A Boeing também transmitiu ao vivo pela web o evento.

Em uma publicação no Twitter, a Boeing disse: “Respondendo às suas perguntas: Os testes de voo, em particular os primeiros voos, têm requisitos especiais mais rigorosos (como força e direção do vento para decolagem) do que para aviões certificados. Por esse motivo, os voos comerciais partiram de Paine Field hoje, mas o 777X não podia.”

Essa foi a segunda tentativa da Boeing nesta semana, de realizar o primeiro voo do 777X.

Porém, a Boeing acredita na melhoria do clima no local, e marcou para este sábado (25/01) o primeiro voo, na mesma hora, às 15h00 (horário de Brasília).

Você pode acompanhar o Primeiro Voo do 777X ao vivo no link a seguir ou no vídeo abaixo, que vamos inserir pouco antes da transmissão iniciar: www.boeing.com/commercial/777x/first-flight/#/videos

 

A Boeing ressalta, no entanto, que o primeiro voo ainda pode ser cancelado de última hora por questões climáticas. 


O voo inaugural dará início ao programa de testes em voo do 777X, um importante passo para a certificação da aeronave.

Nesta quarta-feira (22), o 777X fez uma série de três testes de taxiamento em alta velocidade, simulando uma aceleração para a decolagem, como parte dos preparativos para o primeiro voo.

A Boeing diz que mantém a meta de certificar o Boeing 777X ainda em 2020, e entregar a primeira aeronave em 2021, apesar dos problemas da empresa com a FAA, que agora deve ser mais rígida com os produtos da fabricante norte-americana.

 

Boeing 777X

O Boeing 777X conta com duas opções de aeronaves, a 777-8X é capaz de receber 350 assentos em configuração padrão de duas classes, seu alcance é de até 15000 km. Já o 777-9X, a maior variante da família T7 até hoje, será capaz de receber 450 passageiros em uma configuração de duas classes, com autonomia para 13200 km de voo.

O Boeing 777-9X que foi apresentado tem 76,7 metros de comprimento.

Foto – Divulgação

O novo avião inclui a combinação de “muitas heranças do 777 e do 787”, disse Beezhold. “Fizemos a fuselagem mais larga do que a do -300ER, para assentos mais confortáveis e fileiras com até 10 assentos.”

O novo 777X exigirá menos impulso do que o -300ER porque terá uma asa mais eficiente. E essa asa é bastante longa a envergadura do 777X chegará a 71,8 metros. Por ser mais amplo do que os gates padrões dos aeroporto, o avião terá uma asa dobrável para reduzir a extensão para 64,7 metros quando em solo.

O 777X é equipado com dois motores GE GE9X, que pertencem à nova geração.

O 777-8X concorre diretamente com o Airbus A350-1000, enquanto o 777-9X está sozinho em sua classe de aeronave, e irá atingir uma necessidade por maior economia mas sem perder a capacidade de transporte. 

Até esta data, o 777X acumulou mais de 340 pedidos fixos e compromissos de seis clientes no mundo inteiro. A primeira entrega está programada para 2021.

Com quase 6 metros de largura internamente, o novo 777X será capaz de receber uma configuração com até 11 assentos por fileira na Classe Econômica, geralmente na distribuição 3-5-3.

 

DEIXE UMA RESPOSTA