Boeing 737 MAX
Foto: Aeroflap

A cada geração que se passou, o Boeing 737 cresceu de tamanho, principalmente devido às versões com fuselagem expandida.

Na família 737 MAX não foi diferente, a versão MAX 10 foi criada muito depois do lançamento da aeronave, após uma “pressão” de diversas companhias aéreas à Boeing. E este, com seus 43,8 metros de comprimento, conseguiu ser o maior, e talvez o último, 737 criado pela fabricante norte-americana.

Boeing 737 MAX 10
Foto: Boeing

Há quem diga sobre a obsolescência do Boeing 737, retirando os graves erros de projeto do MAX que já foram resolvidos, o 737 MAX é totalmente distinto do mesmo avião que existia na década de 70, da fuselagem às tubulações hidráulicas do avião. Nós abordamos sobre esse tema Clicando Aqui.

Continua depois do anúncio

E para criar o 737 MAX 10, que tem previsão para ser certificado em 2022, a Boeing precisou realizar algumas alterações significativas no próprio projeto do MAX.

O trem de pouso principal é um desses componentes. Desafiada pela baixa altura da família 737 em comparação com o A320neo, a Boeing precisou buscar alternativas para aumentar o tamanho da fuselagem da aeronave sem aumentar o risco de tail strike.

Continua depois do anúncio

Para isso, o trem de pouso principal recebeu uma modificação especial, para possibilitar um aumento da altura do mesmo quando estendido, e a retração para o mesmo tamanho dos outros aviões da família 737 MAX. Desta forma, o trem de pouso principal utiliza o mesmo compartimento dos outros aviões, sem demais modificações de grande porte.

Somente essa alteração permitiu um aumento na altura da aeronave de 40 cm quando em regime de pouso ou decolagem, suficiente para fornecer maior segurança contra os tail strike.

Confira no vídeo abaixo a diferença entre o trem de pouso do 737 MAX 8 e do MAX 10:

Continua depois do anúncio

Outra alteração relevante está na cauda do avião, também para implementar um sistema anti tail-strike como nos aviões widebody. O dispositivo funciona nos pousos e decolagens, e evita que toda a cauda do avião seja arranhada por uma mudança brusca no ângulo de ataque.

Com mais de 43 metros de comprimento, o 737 MAX 10 é capaz de transportar até 230 passageiros, a maior capacidade de uma aeronave 737 entre todas as gerações.

Continua depois do anúncio

O avião é equipado com os mesmos motores e sistemas de toda a linha 737 MAX, possibilitando a transição de tripulantes entre os aviões, algo que atraiu a atenção das companhias aéreas, como a American Airlines e a United.