A Viasat Inc. (NASDAQ: VSAT), empresa global de comunicações, anunciou hoje a introdução da segunda geração do seu conjunto para bandas Ku/Ka, incluindo uma antena híbrida avançada e um radome complementar.

O mais recente sistema de banda dupla, voltado ao mercado comercial de aeronaves de fuselagem larga, manterá passageiros e tripulação conectados em redes de satélites comerciais das bandas Ku e Ka, tanto geossíncronas e não-geossíncronas, em praticamente em qualquer lugar do mundo.

O conjunto inicia um caminho de migração acelerado para as companhias aéreas comerciais operarem na rede global da Viasat. Ele permite imediatamente a conectividade de roaming em todo o mundo para aeronaves novas ou adaptadas – atendendo a uma grande e crescente parcela de suas rotas pelas redes mais rápidas da banda Ka, equilibrando o uso dos satélites globais da banda Ku em feixe largo ou feixes pontuais.

As companhias aéreas podem migrar de forma contínua uma quantidade maior de suas rotas para o serviço de banda Ka de forma mais veloz e econômica, possibilitado por uma crescente variedade de satélites parceiros, bem como pela constelação global ViaSat-3, planejada para lançamento em 2021 e 2022.

A Viasat tem anos de experiência no fornecimento de sistemas de antena de banda dupla para o mercado global. A primeira geração de conjunto da companhia atendeu desde aviões de fuselagem estreita até aeronaves de alto escalão do governo.

“Os sistemas de antenas híbridas não são novos para a Viasat – temos quase duas décadas de experiência na implantação e no gerenciamento desses sistemas”, disse Don Buchman, vice-presidente e gerente geral de Aviação Comercial da Viasat. “Similar à primeira geração, o sistema de banda dupla mais recente da Viasat promove transições suaves entre múltiplos feixes de satélite em redes de banda Ku e Ka. Nosso terminal de bandas Ku/Ka de última geração é a solução mais flexível e capaz para aeronaves comerciais de fuselagem larga – dando-lhes uma solução global hoje – com a tranqüilidade de saber que a tecnologia implantada será compatível com as inovações da tecnologia espacial de amanhã.”

 

Principais benefícios:

  • Para as companhias aéreas: a Viasat está fornecendo uma solução híbrida compatível com futuras tecnologias que aproveita as redes atuais das bandas Ka e Ku, mas permite que as companhias aéreas façam a transição para as redes Ka mais rápidas, confiáveis e econômicas de amanhã.
  • Para passageiros e tripulação: a tecnologia híbrida da Viasat permite conectividade contínua a bordo.

 

Como funciona

A bordo, os clientes terão acesso a todos os satélites de banda Ka que atualmente participam da rede global da Viasat (WildBlue-1, Anik-F2, ViaSat-1, ViaSat-2 e KA-SAT, bem como SkyMuster I e II da nbn e outros satélites parceiros atuais e futuros).

Quando fora da cobertura da banda Ka, o serviço mudará para a rede da banda Ku. A Viasat continua a adicionar capacidade de banda Ka à sua rede global através de parcerias e por meio da sua constelação de banda Ka global ViaSat-3, composta por três satélites de ultra-alta capacidade que devem oferecer uma cobertura global visível.

Os dois primeiros satélites da classe ViaSat-3 estão em construção para atender às Américas e aos mercados da Europa, Oriente Médio e África (EMEA), respectivamente. Espera-se que estes dois satélites sejam lançados até 2021.

A Viasat também iniciou recentemente um terceiro satélite da classe ViaSat-3 para a Ásia-Pacífico (APAC), previsto para ser lançado em 2022 – permitindo uma cobertura totalmente global de banda Ka.