Vídeo: Avião da GOL arremete em incidente com jato executivo no Aeroporto de Guarulhos

Aeroporto de Guarulhos incidente
Foto: Reprodução/SBGR

No último dia 15 de fevereiro um Boeing 737 da GOL Linhas Aéreas precisou arremeter poucos momentos antes de pousar na 09R do Aeroporto de Guarulhos.

O procedimento, comum na aviação por motivos de segurança, foi causado por um jato executivo que avançava na taxiway em direção à pista, enquanto a aeronave quase tocava o solo.

No vídeo abaixo podemos ver o comando incisivo da controladora de voo, solicitando a arremetida da aeronave da GOL, para evitar um possível acidente. O piloto do Learjet, ao ver o aviso, e com o avião da GOL no seu visual, também parou imediatamente a aeronave, à poucos metros da pista 09R-27L.

Veja no vídeo abaixo do canal SBGR, que conta com o áudio do controle de tráfego aéreo do terminal:

O jato executivo, um Bombardier Learjet, ultrapassou a marca de limite de deslocamento na taxiway, conhecido como “ponto de espera”. A própria torre de controle informou aos pilotos da GOL que o jato executivo ultrapassou o limite de deslocamento sem autorização, procedimento que deveria ter sido realizado por parte dos pilotos.

A aeronave da GOL seguiu para um pouso seguro minutos depois de arremeter.

Marcação do ponto de espera corta a taxiway de ponta a ponta, até os seus limites.

O incidente é considerado grave, e provavelmente será investigado posteriormente pelo CENIPA.

O avião da GOL cumpria o voo G3-1403, entre o Aeroporto de Brasília e Guarulhos (São Paulo). Um Boeing 737 MAX 8 de matrícula PR-XMR estava sendo utilizado nessa operação.

Esse tipo de incidente, com o deslocamento de aviões entre pistas, é considerado preocupante desde o acidente de Tenerife em 1977. Na ocasião dois aviões Boeing 747 colidiram em solo, enquanto uma aeronave decolava e outra atravessou a pista. Um total de 583 pessoas morreram nesse acidente considerado o pior da aviação comercial.