Na última terça-feira (19), um par de caças Sukhoi Su-30 das Forças Aeroespaciais da Rússia interceptaram e acompanharam dois bombardeiros supersônicos Rockwell B-1B Lancer e dois aviões-tanque Boeing KC-135 Stratotanker da Força Aérea dos EUA que voavam sobre águas neutras do Mar Negro.

Segundo o comunicado do Ministério da Defesa Russo, alvos aéreos foram detectados se aproximando da fronteira estadual da Federação Russa. Para identificar as aeronaves e evitar uma possível violação da fronteira, dois caças Su-30 da Frota do Mar Negro foram enviados. 

As tripulações dos caças russos identificaram os alvos como dois bombardeiros B-1B que realizavam reabastecimento em voo com outros dois reabastecedores KC-135. As aeronaves norte-americanas foram escoltadas pelos Su-30 até que se afastassem do território russo, com os caças retornando em segurança.

O Ministério da Defesa também informou que a interceptação ocorreu de acordo com as normas de uso do espaço aéreo e que não houve nenhuma violação das fronteiras russas. 

É provável que os B-1B interceptados pelos russos sejam os mesmos que pousaram na Inglaterra há cerca de duas semanas. Dois bombardeiros, junto com material e militares de apoio, pousaram na Base Aérea de RAF Fairford no dia 06/10 para uma missão de Força Tarefa de Bombardeiros, programada pelo Comando Europeu (USEUCOM) e o Comando Estratégico dos Estados Unidos. 

Um B-1B Lancer se aproximando de um KC-135 Stratotanker durante uma operação de reabastecimento em voo. Foto: Tech. Sgt. Jim Varhegyi/USAF.

A USAF também concluiu recentemente a aposentadoria de 17 bombardeiros B-1B, reduzindo de 62 para 45 o número de aeronaves ativas. O processo viu a retirada de serviço dos jatos mais antigos e dispendiosos da frota, permitindo que a Força Aérea invista mais nos B-1B que estão em melhores condições.

Dessa forma, a USAF pode aumentar a disponibilidade dos seus Lancers, além de reduzir os custos operacionais. A aposentadoria dos jatos também faz parte do preparo para receber o B-21 Raider, futuro bombardeiro stealth dos EUA. 

DEIXE UMA RESPOSTA