H-36 caracal fab resgate esquadrão falcão

Um helicóptero H-36 Caracal do Primeiro Esquadrão do Oitavo Grupo de Aviação (1º/8º GAV) – Esquadrão Falcão, sediado na Base Aérea de Natal (BANT), em Parnamirim (RN), decolou para cumprir uma missão de resgate.

A equipe foi acionada por meio do Centro de Coordenação de Salvamento Aeronáutico (SALVAERO) de Recife, responsável por missões de Busca e Salvamento na região Nordeste.

De acordo com o chamado, o tripulante estava a bordo do navio mercante Kinesis, com destino aos Estados Unidos da América (EUA), distante 40 milhas náuticas (aproximadamente 75 Km) de Recife (PE), necessitando de socorro por sofrer um acidente que ocasionou fraturas nos membros inferiores. 

A equipe efetuou o resgate do marinheiro nessa quinta-feira (04). A decolagem da BANT ocorreu às 09h12 (horário de Brasília), quando o helicóptero foi deslocado até o ponto indicado da embarcação. A missão foi concluída com o pouso  na Base Aérea de Recife  (BARF) às 11h17. 

Ao chegar no local, a aeronave realizou voo pairado, e o paciente foi içado pela equipe SAR (sigla que se origina do inglês Search and Rescue, que significa Busca e Salvamento), com uso de maca.

h-36 tripulação esquadrão falcão fab resgate
FAB/Divulgação

Já no interior da aeronave, o tripulante recebeu os primeiros atendimentos da equipe de saúde. O sucesso das operações de resgate está atrelada à pronta resposta do Esquadrão a partir do acionamento para a missão. “O tempo em cena foi bastante curto devido à sinergia e ao preparo de cada militar do Esquadrão”, pontuou o comandante da aeronave do 1º/8º GAV, Capitão Aviador Andrey Araújo Moulin. 

O Operador de equipamentos do Esquadrão Falcão, Capitão de Armamento Jailson da Silva Neves, falou sobre a a satisfação de fazer a ação. “É uma grande satisfação saber que o nosso Esquadrão tem a capacidade de atender com profissionalismo os anseios da sociedade brasileira”, destacou. 

H-36 esquadrão falcão fab resgate
FAB/Divulgação

Atuando em seu primeiro resgate, como segundo piloto, o Tenente Aviador Rodrigo Luiz Rigo Moutinho realizou um sonho. “Hoje tenho a certeza de que fiz a escolha certa, ajudar ao próximo, dando a ele o fôlego de vida e a chance de viver mais um dia. É muito gratificante, sinto-me privilegiado em fazer parte desse seleto grupo dos que fazem do seu trabalho a vida dos outros”, finalizou. 

Após o salvamento, o paciente foi entregue à equipe em solo que o aguardava em uma ambulância do SAMU, coordenado pela Marinha do Brasil, e em seguida, foi encaminhado ao Hospital Esperança, em Recife, para atendimento especializado. 

tripulante resgatado fab esquadrão falcão
FAB/Divulgação

Via FAB 

DEIXE UMA RESPOSTA