A Korea Aerospace Industries (KAI) apresentou em um vídeo o projeto da empresa para uma aeronave de transporte militar e multi-missão, para o uso pela Força Aérea da Coreia do Sul.

O avião aparenta ser bem semelhante ao C-2, fabricado pela Kawasaki no Japão, e o KC-390 da brasileira Embraer, projetado especificamente para a FAB. Curiosamente o conceito da KAI também é chamado de C-2, por enquanto.

Muitos aviões atualmente operados pela Força Aérea da Coreia do Sul podem ser substituído por esse conceito apresentado pela KAI.

“Atualmente, são 30 aviões polivalentes e 70 aviões de transporte operados pelo Exército, Marinha e Aeronáutica. Nosso objetivo é substituir as aeronaves importadas por aeronaves desenvolvidas internamente e avançar para os mercados internacionais com nossos próprios aviões no longo prazo”, disse Ryu Kwang-su, vice-presidente executivo da KAI.

Você pode ver abaixo o vídeo citado anteriormente:

Ryu disse que a aeronave pode ser utilizada para muitos fins diferentes, incluindo avião de reconhecimento e aeronave de patrulha marítima. Se o projeto for aceito pelo país, o investimento da KAI deve ser de US$ 2,7 bilhões ao longo dos próximos sete anos.

Atualmente a Força Aérea da República da Coreia possui aviões C-130, CN-235 e A330 MRTT em sua frota.

 

Texto por: Pedro Viana e Gabriel Centeno/Aeroflap