Caças-interceptadores MIG-31BM Foto: Kitaev Aleksey

Nessa sexta-feira (23), um caça russo Mikoyan MiG-31BM Foxhound interceptou um avião de reconhecimento eletrônico Boeing RC-135V Rivet Joint sobre o Oceano Pacífico, perto da fronteira da Rússia. 

Em comunicado, o Ministério da Defesa Russo informou que uma aeronave até então não identificada foi detectada aproximando-se da fronteira russa, sobrevoando o Pacífico. Um MiG-31 das forças de defesa aérea do Distrito Militar Oriental foi enviado para acompanhar o alvo, mais tarde identificado como um RC-135 da Força Aérea Americana.

O quadrimotor de reconhecimento foi gravado pela tripulação do caça russo. Confira abaixo. 

Segundo o Ministério, a interceptação foi realizada em estrita conformidade com as regras internacionais de uso do espaço aéreo. Não foram permitidas violações da fronteira da Federação Russa.

Depois que o jato americano se afastou da fronteira russa, o MiG-31 retornou à base em segurança. No dia 16 a mesma aeronave, de matrícula 64-14848, foi interceptada por outro MiG-31 na região da Península de Kamchatka. 

O RC-135V é uma aeronave de reconhecimento eletrônico dedicado às missões de inteligência de sinais (SIGINT). Já o MiG-31 é um caça-interceptador desenvolvido para substituir o MiG-25 Foxbat.