F-35C plat cam

Um novo vídeo vazado nas mídias sociais neste fim de semana mostra a colisão do caça F-35 da Marinha dos EUA ao tentar pousar no porta-aviões USS Carl Vinson. O acidente do dia 24 de janeiro no Mar da China Meridional deixou sete militares feridos, incluindo o piloto que ejetou da aeronave.

Assim como as primeiras fotos do avião no mar, o vídeo foi publicado em um fórum de aviação no Reddit. As novas imagens também surgem quase 10 dias depois que o primeiro vídeo do acidente vazou nas redes sociais. As imagens foram gravadas de um telefone, mostrando o vídeo da chamada “plat cam” e de outra câmera do porta-aviões, que era reproduzido em um computador.

Como observa o The Aviationist, é possível ver o F-35C se aproximando com uma alta razão de descida. Quem fala no vídeo é o Landing Signal Officer (LSO) – militar que auxilia o piloto na aproximação para o porta-aviões – que dá os comandos de Power (potência) e começa a gritar “Wave Off”, ordenando o piloto a abortar o pouso. 

O caça colide com o Carl Vinson com grande força, pegando fogo, destruindo os trens de pouso e lançando destroços por todo o convés. A traseira do F-35 sobe e o avião gira para esquerda, deslizando de lado pelo navio, o que pode ser visto melhor pelo segundo ângulo mostrado no vídeo. 

O piloto ejeta com a aeronave já de lado, enquanto o caça desliza em chamas pela extensão da pista até cair nas águas do Mar da China. Os marinheiros correm no deque para atender a emergência e conter os danos do acidente.

Além do piloto, seis marinheiros que estavam no porta-aviões se feriram, mas apesar da gravidade, todos estão bem, informa a Marinha.

Circulado na imagem está o piloto logo após ejetar do F-35 que desliza em chamas pelo convés.

O usuário u/N502DN, que publicou o vídeo no Reddit, afirma que não é o autor das gravações e também não informa como obteve as imagens. A Marinha dos EUA confirmou a autenticidade das mídias compartilhadas anteriormente, mas não se pronunciou sobre os novos vídeos vazados.

O caça pertencia ao esquadrão VFA-147 Argonauts, o primeiro a embarcar com o F-35C (versão de operações embarcadas) em um porta-aviões em uma viagem operacional. Operando na mesma área estava o USS Abraham Lincoln, também com caças F-35C do esquadrão VMFA-314 Black Knights dos Fuzileiros Navais.

F-35C Carl Vinson Abraham Lincoln
Caças F-35C decolam simultaneamente dos porta-aviões USS Carl Vinson e Abraham Lincoln. Foto US Navy.

Agora, a Marinha corre contra o tempo para localizar e resgatar a aeronave de quinta geração que afundou no Mar da China. A perda da aeronave mais tecnologicamente avançada dos EUA e de mais de 10 países aliados bem às portas da China representa um enorme perigo para Washington, e um grande tesouro para Pequim.