A Força Aérea dos EUA divulgou na sexta-feira (29) um vídeo dos mais recentes testes do caça stealth F-35 Lightning II com as bombas nucleares de ensaio B61-12. Os eventos de teste foram concluídos em setembro, mas o vídeo foi divulgado apenas recentemente através do Defense Visual Information Distribution Service (DVIDS). 

No início de outubro, a USAF anunciou que concluiu a primeira fase da certificação nuclear do F-35 com um último voo de testes. Um par de caças decolou da Base Aérea de Nellis, ao lado de Las Vegas, cada um carregando uma bomba nuclear tática B61-12 de ensaios (Joint Test Assemblies). As aeronaves do 422nd Test and Evaluation Squadrons voaram para o Estande de Testes de Tonopah, no Deserto de Nevada, onde os artefatos foram lançados.

Com a conclusão bem-sucedida desta primeira etapa, os EUA vão se encaminhado para a certificação final que permitirá que alguns de seus F-35 recebam as modificações necessárias para empregar o armamento nuclear operacionalmente. Esse processo deve ser concluído em 2024.

Confira as imagens abaixo.

Assim que a bomba está em uma posição mais vertical os dois motores-foguetes são acionados. Eles giram a B61 em seu eixo longitudinal para aumentar a estabilidade do artefato na sua descida ao solo e, por consequência, sua precisão. 

Em serviço desde a década de 1960, a B61 é um dos principais armamentos nucleares do arsenal norte-americano, tendo uma potência de 0,3 a 400 quilotons de acordo com a variante. Sua última versão, a B61 mod. 12, recebeu um kit de guiagem por GPS/INS similar ao usado nas bombas JDAM. 

Quando a certificação for concluída, o F-35 será o primeiro caça stealth multimissão capaz de empregar este armamento. 

 

DEIXE UMA RESPOSTA