Foto - Aeroporto de Viracopos/Divulgação

O Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), registrou o melhor mês de junho da história do terminal aéreo na movimentação de passageiros. Na comparação de junho deste ano com o mesmo mês do ano passado, o crescimento foi de 25,28% com um total de 885.001 passageiros ante 706.424.

Já o 1º semestre de 2019 foi melhor dos últimos quatro anos na movimentação de passageiros. De janeiro a junho deste ano, 5.153.627 pessoas embarcaram ou desembarcaram pelo terminal. Se comparado o primeiro semestre de 2019 com o mesmo período de 2018, a alta de passageiros chega a 18,51%.

O crescimento registrado em junho representa a 12ª alta consecutiva na movimentação de passageiros do aeroporto, na série positiva iniciada em julho do ano passado. 

Considerando os dados históricos do aeroporto, a movimentação total de passageiros do primeiro semestre de 2019 só ficou abaixo da registrada no 1º semestre de 2015, que teve 5.170,280 passageiros.

 

Internacional

Viracopos também registrou o melhor 1º semestre da história na movimentação de passageiros em voos internacionais, configurando novo recorde de viagens para o exterior a partir de Campinas.

Se comparado o primeiro semestre de 2019 com o mesmo período de 2018, a alta foi de 39,81% com 438.740 pessoas viajando para o exterior pelo terminal de janeiro a junho deste ano ante 313.812 (de 2018).


Na comparação de junho de 2019 com junho de 2018, o crescimento foi ainda maior no terminal internacional: 62,32%. Embarcaram ou desembarcaram para o exterior no mês de junho um total de 89.403 pessoas contra 55.079 de junho de 2018. 

Hoje, Viracopos tem voos internacionais para Orlando (EUA), Fort Lauderdale (EUA), Lisboa (POR), Paris (FRA), Buenos Aires (ARG), Bariloche (ARG) e Porto (POR), sendo este último iniciado no dia 03 de junho, o que reforça ainda mais a tendência de crescimento de passageiros internacionais neste ano.

A concessionária Aeroportos Brasil Viracopos, que administra o aeroporto, mantém negociações para ampliar os destinos internacionais, tanto para passageiros quanto para o transporte de cargas.