A Alaska Air Group irá abandonar a marca Virgin America até 2019, assim toda as aeronaves serão operadas pela Alaska Airlines e nas cores da Alaska. Essa manobra ocorre por causa da aquisição da Virgin America no final de 2016, onde a Alaska Air Group assumiu o controle acionário da companhia e se tornou o 5º maior conglomerado de companhias aéreas dos Estados Unidos.

“Concluímos que, para ter sucesso na Costa Oeste, tínhamos que fazê-lo através de um nome, com consistência e eficiência, e para permitir que continuássemos a oferecer tarifas baixas”, disse o vice-presidente de marketing do Grupo Alaska, Sangita Woerner, em um comunicado de imprensa .

Embora afaste a marca Virgin, o Alaska disse que manterá muitos dos recursos que tornaram o produto da Virgin America atraente para os passageiros. A reformulação da imagem também ganha novas perspectivas para 2019, quando haverá uma reformulação completa de uniformes, assentos e recursos visuais da Alaska.

A Alaska irá incorporar serviços da Virgin já em 2018, como o Wi-Fi nas aeronaves, lounges nos aeroportos e assentos premium nas aeronaves A320, com um aumento expressivo de 8 para 12 assentos premium para cada A320 da frota.

 

Via – Flightglobal