Por um breve período a Virgin Atlantic adiou a aposentadoria de seus aviões Airbus A340, enquanto a empresa tenta resolver seus problemas com os motores Trent 1000 do Boeing 787.

O quadrimotor da Airbus, o A340, estava programado para ficar na frota da companhia até o dia 08 de dezembro, mas agora o último voo programado com essa aeronave está marcado para 29 de dezembro de 2019.

Esse é mais um atraso na retirada do A340 da frota da Virgin Atlantic, antes a companhia esperava retirar o avião no dia 26 de outubro, mas os diversos problemas com os motores do Boeing 787 adiaram a retirada das aeronaves.

A companhia está com vários aviões Boeing 787 em solo, esperando a substituição dos motores Rolls-Royce Trent 1000, algo que deve acontecer durante este mês e no próximo, possibilitando uma aposentadoria definitiva do A340-600.

Atualmente a Virgin Atlantic tem cinco aviões A340-600 na ativa, e já operou com o A340-300 até 2015. O substituto direto dessa aeronave na frota da companhia é o Airbus A350-1000XWB.