Virgin Atlantic aposenta mais um Boeing 747

Virgin Atlantic

No dia 23 de novembro de 2019 a Virgin Atlantic se despediu da Tinker Belle, uma de suas aeronaves Boeing 747-400 restantes.

A companhia aérea postou no Twitter para elogiar o “serviço incrível” da aeronave, de 23,5 anos. Deixando a frota, a aeronave agora está armazenada em St Athan RAF, no País de Gales, e seguirá para a desmontagem, para fornecer componentes para aeronaves ativas.

Essa aposentadoria deixa a Virgin Atlantic com apenas sete aeronaves 747. Espera-se que todos esses aviões sejam aposentados nos próximos 24 meses.

A Virgin adquiriu seu primeiro jumbo, um 747-200, em junho de 1984 e operava com essa aeronave voos entre Londres e Newark (Nova York).

A companhia vai substituir esses aviões Airbus A350-1000, uma aeronave de nova geração que pode entregar até 30% de economia de combustível, com praticamente a mesma capacidade.

A companhia também planeja utilizar o A350-1000 para substituir o A340-600, com uma economia de combustível na ordem de 25%.

DEIXE UMA RESPOSTA