Virgin Galactic agora quer ter avião supersônico de passageiros

avião supersônico

O mercado de aviões supersônico para passageiros nunca esteve tão aquecido de novos projetos desde a década de 60. E para complementar mais um projeto neste sentido, a Virgin Galactic divulgou hoje um possível novo projeto de avião supersônico.

A empresa atualmente investe em voos espaciais, tanto tripulados de baixo custo como para colocar pequenas cargas em órbita. Apesar disso, a Virgin quer entrar em um novo projeto, que já começou “forte”.

Um acordo de Memorando de Entendimento (MOU) foi assinado entre a Virgin Galactic e a Rolls-Royce, para o desenvolvimento do avião. A fabricante conhecida pelos seus motores vai colaborar com a parte de propulsão da aeronave.

Vale ressaltar que anteriormente a Rolls-Royce assinou com a Boom para desenvolver o sistema de propulsão do Overture, um avião supersônico que está em fase de projeto. A Virgin Galactic também tem outro acordo, mas com a FAA, para trabalhar em um conceito de avião de alta velocidade.

O projeto ainda não tem prazo para ser finalizado, e está em sua fase inicial.

 

Aerodinâmica e projeto

Como podemos ver na imagem acima, a Virgin Galactic aposta em um conceito de fuselagem integrada com uma asa em delta. O avião ainda é propulsionado por um conjunto de dois motores, e tem um pequeno estabilizador vertical.

No conceito a Virgin Galactic aposta também em sinuosas linhas aerodinâmicas, um desenho que sem a fuselagem desenvolvida em fibra de carbono é quase impossível de ser executado.


As janelas do cockpit demonstram o interesse da Virgin de ainda desenvolver um avião tripulado, algo positivo, já que suas naves espaciais são quase autônomas.

O desenho, no entanto, ainda pode mudar, de acordo com a Virgin, há que a equipe avançará para a próxima fase do projeto, consistindo na definição de arquiteturas e configurações específicas do sistema e na determinação de quais materiais usar no projeto e fabricação da aeronave.

De acordo com a Virgin, a equipe também trabalhará para enfrentar os principais desafios em gerenciamento térmico, manutenção, ruído, emissões e economia. Como sabemos, o voo supersônico tem características próprias, com muita produção de calor e força dos motores para vencer o atrito.

 

DEIXE UMA RESPOSTA