VoePass
ATR da VoePass no Aeroporto de Congonhas. Foto: Gisele Orquídea/Aeroflap

Em resposta a ofício enviado pelo SNA, em que foi questionada sobre denúncias de que apenas o salário-base das aeronautas estaria sendo considerado nos pagamentos do benefício salário-maternidade, a Passaredo Transportes Aéreos (VoePass) negou que tal prática esteja ocorrendo.

Porém o SNA recebeu documentação que comprova as denúncias e, desta forma, tomará as medidas cabíveis para garantir os direitos das aeronautas.

Na resposta enviada ao sindicato, a empresa afirma que “desconhece os fatos alegados no ofício recebido” e que “cumpre regularmente a Lei e todos os regulamentos que norteiam as relações trabalhistas, em especial no tocante ao cálculo do salário-maternidade”.

O SNA pede que toda tripulante que eventualmente tiver qualquer problema com o pagamento do benefício entre em contato com o sindicato.

 

Via: SNA

DEIXE UMA RESPOSTA