VoePass

A VoePass devolveu nesta semana para uma empresa de leasing o avião mais novo da sua frota, um ATR 72-600 de matrícula PR-PDN. O avião estava operando desde 2019 pela empresa regional de Ribeirão Preto, e foi responsável, por exemplo, pelos primeiros voos no retorno ao Aeroporto de Congonhas.

Fabricado em 2013, o PR-PDN operou pela FlyME e pela FMI Air Charter, e depois desse período de quase três anos na VoePass, devolvido para a empresa de leasing GECAS.

Apesar da baixa na frota, a VoePass deve receber dois substitutos nas próximas semanas. Um deles é o ATR 72-500 de matrícula PR-PDY, um avião fabricado 2007 e de geração anterior. Este avião está na França neste momento, e também sendo preparado para a entrega operando no Brasil com a matrícula PR-PDY.

No último mês também publicamos que a VoePass estava em processo de receber outro 72-500, fabricado em 2007 e que operará com a matrícula PR-PDW. 

Desta forma estamos vendo um movimento de padronização da VoePass para operar somente com aeronaves ATR 72-500 na sua frota, visto que três aviões do mesmo modelo devem chegar nos próximos meses. Essa é a segunda geração do ATR 72, e que a companhia aérea escolhe equipar o interior com 70 ou 74 assentos.

Atualmente a frota da VoePass é composta por 14 aeronaves, todas são de fabricação da ATR nas versões 42 e 72.