A Força Aérea do Exército de Libertação Popular (PLAAF) da China mostrou publicamente pela primeira vez uma formação de sete aeronaves Stealth J-20. O feito aconteceu na terça-feira dia 03 de setembro.

Especialistas da área acreditam que isso pode significar que a China já tenha um número considerável de caças como estes.

“Se sete J-20 forem enviados simultaneamente para a batalha, eles terão uma capacidade de ataque significativa com suas armas ar-ar e ar-superfície”, disse Wang Ya’nan, editor-chefe da revista Aerospace Knowledge, ao site Global Times.

Caças furtivos J-20

O voo dos sete J-20 estaria ligado as comemorações do 74º aniversário da vitória na Guerra de Resistência à Agressão Japonesa (1931-45).

“Para realmente alcançar a paz, defender nossa pátria não é suficiente. Não devemos apenas defender, mas atacar”, disse Yang Wei, designer-chefe do J-20.

Os J-20 receberão uma nova motorização. Este caça juntamente com o russo SU-57 e os norte-americanos, F-22 e F-35, são atualmente os únicos caças de 5º geração no mundo.Porém outras nações estão desenvolvendo seus caças de 5º geração como o Reino Unido e a Turquia planeja desenvolver o caça TF-X. 

 

Fonte de apoio: Global Times / Edição: Aeroflap