O Voo Simples, programa do governo federal voltado para a desburocratização e modernização da aviação civil, com foco na aviação geral, concluiu a implementação de 19 das 63 iniciativas anunciadas (em sua maioria) no dia 7 de outubro de 2020.

Outras 31 ações estão em andamento e apenas 13 ainda não foram iniciadas. Entre as ações já entregues ao setor aéreo estão a simplificação do registro de aeronaves, a ampliação de pistas para operações aeroagrícolas e o fim da exigência de plano de zoneamento de ruídos para aeródromos privados.

Para facilitar a visualização das ações em andamento do Voo Simples, bem como mostrar o estágio atual das iniciativas, a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) passa a disponibilizar, a partir desta segunda-feira (1º/3), uma página específica para monitoramento das ações (clique no link para acessar).

No site, há também botões com a apresentação do programa, um monitoramento em BI do estágio das ações e o formulário para recebimento de sugestões de iniciativas com vistas à modernização, à simplificação e à desburocratização da aviação civil.

Todas as proposições são estudadas pela ANAC quanto à sua pertinência e viabilidade de implementação. Atualmente, cerca de 200 sugestões estão em análise. Independentemente se a proposta seja exequível ou não, a Agência buscará responder todos os proponentes em um prazo de até 30 dias após o recebimento da contribuição.

 

Via: ANAC