Os voos da Virgin Atlantic para o Brasil, a partir de Londres, já contam com um codeshare da GOL para 37 destinos no país, mas a empresa declarou em uma entrevista ao Estadão que vai expandir essa parceria para voos internacionais.

A GOL deve conectar os voos de Londres para Guarulhos, em São Paulo, para destinos como Buenos Aires, na Argentina, e Santiago, no Chile, com os voos da companhia brasileira.

Além dessa conectividade na ponta brasileira, a Virgin Atlantic também promete atender vários destinos na Europa a partir de Londres, com voos próprios, da Flybe e da Air France-KLM.

Os bilhetes entre São Paulo e Londres estão sendo comercializados pela Virgin Atlantic e GOL, desde o dia 10 de setembro.

O novo voo da Virgin será operado por um Boeing 787 da companhia, com duração total de 11h55 (previsto). Os voos serão iniciados em 2020, em uma data que será anunciada posteriormente pela companhia.

O interior do 787 Dreamliner da companhia é equipado com três classes em formato de cinco serviços diferentes (Upper Class, Premium Economy, Economy Delight, Classic e Light). Ao todo são 264 assentos no 787-9 Dreamliner da companhia.

Nesta rota, a Virgin Atlantic vai competir diretamente com a British Airways e a LATAM Brasil.