(Reuters) – A segunda tempestade em uma semana atingiu o Reino Unido neste sábado, provocando alertas de inundações em muitas partes do país e interrompendo voos e serviços de trem, num momento em que muitas escolas iniciam período de férias.

A chuva pesada e ventos fortes da tempestade Dennis chegaram apenas uma semana depois que a tempestade Ciara causou interrupções no transporte, inundou casas e deixou milhares sem eletricidade.

A EasyJet alertou para uma “interrupção significativa” de suas operações, com vários voos cancelados no aeroporto de Gatwick, enquanto o aeroporto de Luton estava aconselhando os passageiros a verificar com suas companhias aéreas antes de sair de casa.

Um total de 30 alertas estava em vigor na Inglaterra, o que significa que as inundações eram esperadas, e 238 avisos destacavam que as inundações eram possíveis, de acordo com a Agência Ambiental.
 

Um total de 75 militares estava ajudando a construir barreiras e reparar as defesas contra inundações em Yorkshire, norte da Inglaterra, onde o solo já estava saturado pelas chuvas da semana passada.

“O governo não hesitará em usar todos os meios à sua disposição para mitigar os efeitos da tempestade Dennis”, disse o ministro da Defesa, Ben Wallace.

 

DEIXE UMA RESPOSTA