Walt Disney World, em Orlando, reabre com máscaras obrigatórias e Mickey à distância

(Reuters) – Os Stormtroopers de “Guerra nas Estrelas” reforçaram o uso de máscaras e o Mickey Mouse acenou à distância no sábado, quando o Walt Disney World da Flórida foi aberto ao público pela primeira vez em quatro meses, em meio a uma onda de casos de coronavírus no Estado.

A Walt Disney Co recebeu um número limitado de convidados em partes de seu vasto complexo de Orlando, o resort temático mais visitado do mundo, com uma série de medidas de segurança projetadas para tranquilizar os visitantes e reduzir as chances de infecção.

Os executivos estão confiantes de que desenvolveram um plano responsável para a reabertura em fases durante a pandemia, disse Josh D’Amaro, presidente da divisão de parques, experiências e produtos da Disney.

“Este é o novo mundo em que estamos operando, e não vejo isso mudando tão cedo”, afirmou D’Amaro em uma entrevista no sábado, depois de receber convidados e trabalhadores no parque.

A reabertura de parques da Disney na Ásia ajudou a garantir a segurança na Flórida, acrescentou.

“Sinto-me muito bem com o nosso ambiente. Estamos levando isso a sério”, disse ele.

No Magic Kingdom e no Animal Kingdom, os dois parques abertos no sábado, convidados e funcionários usavam máscaras, foram submetidos a exames de temperatura e orientados a cumprir distanciamento social em todos os lugares.


O resort suspendeu desfiles, fogos de artifício e outras atividades que criam multidões, assim como encontros de perto com Mickey Mouse, Cinderela e outros personagens. Em vez disso, os personagens apareciam em carros alegóricos ou a cavalo.

 

DEIXE UMA RESPOSTA