Airbus A321neo Ucrânia Wizz Air
Foto - Divulgação

Companhia aérea de baixo custo húngara, a Wizz Air anunciou que quatro aeronaves de sua frota, bem como a tripulação de duas bases da companhia aérea ainda se encontram na Ucrânia.

Conforme informações do Portal Simple Flying, três aeronaves do medelo A320 encontram-se presas na capital Kiev, enquanto uma quarta aeronave está parada na base da companhia em Lviv.

Além disso, a companhia também está realizando esforços para a repatriação de parte da tripulação que se encontra na Ucrânia.

Devido aos eventos atuais na Ucrânia e ao fechamento do espaço aéreo, a Wizz Air informará aos nossos clientes que suspendemos todas as operações de voo no país. Os passageiros com voos reservados na chegada ou partida de voos ucranianos podem obter mais informações em wizzair.com

A segurança de nossos passageiros e tripulantes continua sendo nosso número de prioridade um, e esperamos que a normalidade seja reembolsada à Ucrânia em breve”, disse um porta-voz da Wizz Air.

Contudo, ainda não se sabe como a companhia aérea húngara fará para recuperar os jatos em solo ucraniano, colocando como prioridade a repatriação dos tripulantes e funcionários da companhia, que deverão usar o meio terrestre para a volta até a Hungria. 

Com a crescente tensão em decorrência da guerra entre a Rússia e a Ucrânia, o espaço aéreo ucraniano ultimamente tem sido palco de operações militares, inviabilizando qualquer operação civil ou humanitária.

Com informações: Simple Flying