Cerca de 38 aeronaves da Air Berlin, todas do modelo Airbus A319/A320, passaram a realizar voos pela Lufthansa após as autoridades da Alemanha autorizarem um esquema de wet-leasing. O acordo tem duração prevista de 6 meses, porém pode ser estendido caso seja do interesse das duas companhias aéreas.

O wet-leasing funciona como se fosse o “aluguel” de uma aeronave, porém essa modalidade também inclui tripulantes e mecânicos. A Lufthansa irá dispor de uma equipe completa para operar voos assim que as aeronaves forem incorporadas na frota, provavelmente com toda equipe da Air Berlin operando voos.

Atualmente o Grupo Lufthansa também agrega as companhias Eurowings e Austrian Airlines, a maior beneficiada desse acordo será a Eurowings, que receberá 33 aeronaves A320 em sua frota e poderá aposentar uma série de aeronaves com maior idade de operação. A Austrian receberá 5 aeronaves e a Lufthansa não se comprometeu a arrendar aviões da Air Berlin.

Esse acordo foi duramente criticado por companhias da União Europeia, e inclusive por companhias americanas como a American Airlines. Atualmente a Air Berlin tem 132 aeronaves na frota, com 65 da família A319 e A320, dessas 132 aeronaves, 14 737 NG estão arrendados para a TUIfly.

COMPARTILHAR