O Aeroporto de Jacarepaguá/Roberto Marinho (RJ) completa 46 anos nesta quinta-feira (19/1). Localizado em posição estratégica, na avenida Ayrton Senna, uma das principais vias da Barra da Tijuca, foi inaugurado em 1971 e passou a ser administrado pela Infraero no ano seguinte.

O terminal carioca atende a operações da aviação geral – englobando voos não regulares das empresas de táxi aéreo e de escolas de aviação, além de operações offshore (plataforma marítima). Na área do sítio aeroportuário, com aproximadamente 1,2 milhão de m², estão instalados 44 hangares de empresas que fazem manutenção de helicópteros e representam cerca de 80% da movimentação de aeronaves no local.

Aeroporto de Jacarepaguá em 1977. Foto – Infraero/Divulgação

Com capacidade para atender 400 mil passageiros ao ano, o terminal de passageiros tem 225,84 m² e a pista de pousos e decolagens conta com 900 metros de comprimento por 30 metros de largura. Até novembro de 2016, foram registrados no aeródromo carioca mais de 50 mil pousos e decolagens, com média de 4565 operações por mês.

Para o superintendente do aeroporto, Arley Machado, a localização privilegiada faz com que o terminal contribua para o desenvolvimento da cidade. “O Aeroporto de Jacarepaguá vem ampliando sua importância como equipamento estratégico na definição da logística de pessoas, contribuindo para o crescimento econômico, principalmente do Rio de Janeiro, e para o aumento da competitividade do nosso estado no cenário nacional”, destacou.

COMPARTILHAR