O Afeganistão recebeu os mais quatro aviões  A-29 Super Tucano, produzidos através de uma parceria da Embraer com a Sierra Nevada.  Os exemplares foram repassados diretamente pela Força Aérea Americana, para a operação no Afeganistão, onde o A-29 realiza operações de apoio aéreo, escolta e reconhecimento de terreno.

Agora as aeronaves passarão por uma reconfiguração de combate para iniciar suas missões. Mais sete aeronaves A-29 estão realizando missões em território Afegão, uma foi perdida durante um treinamento. O Afeganistão deve operar uma frota com 20 aeronaves A-29 Super Tucano, todas pilotadas por componentes da força aérea do país.



Foto – USAF/Reprodução

O contrato do Afeganistão com a Sierra Nevada/Embraer custou US$ 427 milhões e foi pago integralmente pela Força Aérea dos Estados Unidos, que também está oferecendo suporte para as missões.

O Líbano também deve treinar seus militares nas aeronaves do Afeganistão para que o país consiga manter seu próprio esquadrão com seis aeronaves A-29 sem ajuda internacional.