A Air France apresentou hoje a sua nova companhia aérea Joon, que começará a operar voos de média distância partindo de Paris-Charles de Gaulle no início do outono europeu, já no próximo trimestre, e posteriormente de voos de longa distância em meados de 2018.

A Joon é destinada especialmente a jovens profissionais e aos millennials (Geração Y com idade entre 18 e 35 anos), cujos estilos de vida giram em torno das tecnologias digitais. Essa nova marca foi inteiramente desenvolvida para atender às necessidades e aspirações desse grupo de acordo com a companhia, com uma oferta autêntica e conectada que se destaca no mundo do transporte aéreo. A Joon não será uma companhia aérea de baixo custo, pois oferecerá produtos e serviços que refletem os já tão conhecidos da Air France.

De acordo com a Air France “a Joon é uma marca de estilo de vida e um estado de espírito. Curto, impactante e internacional, o nome Joon foi criado para se identificar com uma audiência mundial. Sua identidade visual tem como base uma cor azul eletrizante que simboliza a atitude dinâmica da companhia, bem como o céu, o espaço e viagens. O uniforme dos comissários de bordo da Joon é inspirado nas novas tendências de moda, sendo básico e chique.”

“Começamos pelo nosso segmento-alvo de cliente, os millennials, para criar essa nova marca que tem um significado para eles. Nossa ideia era simples: encontrar um nome para ilustrar um estado de espírito positivo. Essa geração nos inspirou muito: epicuristas e conectados, eles são oportunistas no sentido positivo da palavra, pois sabem como aproveitar cada momento e estão em busca de experiências de qualidade que desejam compartilhar com outros. A Joon é uma marca que carrega esses valores”, afirma Caroline Fontaine, vice-presidente de marca da Air France.

“Com a Joon, criamos uma marca jovem e conectada que dará um novo impulso ao Grupo Air France-KLM. Projetada para clientes da Geração Y, oferecerá mais do que apenas um voo e uma tarifa; oferecerá uma experiência de viagem completa. Daremos mais informações em setembro, com detalhes sobre o conteúdo da marca, produtos, serviços, destinos e tarifas”, comenta Dominique Wood, vice-presidente executiva de marca e comunicação da Air France.

 

Gerenciamento estratégico da Air France

No portfólio de marcas do Grupo Air France-KLM, a Joon é a irmã mais nova e complementar da Air France, que também inspirará seus clientes a viajar com sua irmã mais velha. Essa nova companhia aérea será gerida por Jean-Michel Mathieu, CEO de Joon. Como tal, vai se juntar ao Comitê Executivo da Air France.

“A criação de uma nova companhia aérea é um momento histórico. A Joon é mais um passo na direção da implantação do projeto estratégico Trust Together. Ela vai elevar a rentabilidade do Grupo Air France, permitindo reduzir custos e assegurar a sustentabilidade de seu modelo de negócios. Jean-Michel Mathieu, que tem participado do desenvolvimento da nova companhia aérea desde o início, hoje se torna CEO da empresa. Com todas as equipes do grupo, estamos concentrando nossa energia no sucesso do lançamento da Joon”, explica Franck Terner, CEO da Air France.

 

Outra companhia

No início deste ano a Air France também apresentou planos para criar uma nova companhia voltada para o mercado de voos Low Cost, como os voos operados pela Ryanair e easyJet só que de média e longa distância, sem focar no mercado de voos curtos, a nova companhia se chamará Boost e será apresentada entre o final de 2017 e o início de 2018.

Os voos serão operados por pilotos da Air France, até 2030 a companhia Boost terá até 30 aviões na frota, mas ela começará com cerca de 10 aeronaves do modelo A320, fabricadas pela Airbus.

 

Fotos – Air France/Divulgação

COMPARTILHAR