Autoridades turcas afundaram um A300 Airbus fora da costa do mar Egeu, com o objectivo de atrair mais turistas de mergulho para a região.
O avião foi posicionado no fundo do mar ao largo da estância de Kusadasi, na província de Aydin, 50 milhas ao sul de Izmir.

O naufrágio do avião, de 54 metros (177ft) de comprimento e tem uma envergadura de 44 metros, visa promover mergulhos à recifes artificiais, que é muito popular entre os mergulhadores experientes. Uma vez afundado, o avião será como um recife, tornando-se um ímã para fauna e flora subaquáticas.
A aeronave de 36 anos foi comprado pelo município de Aydin de uma empresa de aviação privada por 270.000 liras turcas (R $ 64.000).

Três aviões pequenos foram afundados em resorts turcos nos últimos anos, na esperança de promover o turismo de mergulho, mas esta é a primeira vez que a Turquia enviou uma aeronave tão grande para o fundo do mar.

COMPARTILHAR