DSC03140e

A Azul lançou um comunicado interno para tripulantes relatando a redução na oferta de voos e a transferência de 20 aeronaves para outras companhias. As medidas serão tomadas para atravessar a crise que o país enfrenta atualmente, que reduziu a demanda por viagens aéreas, além do aumento de custos devido a cotação do dólar.

Os tripulantes que optam por aderir terão 4 opções de licença não remunerada, que estão sujeitas a aprovação dependendo da disponibilidade de vagas e senioridade na companhia. A medida se estende para pilotos, comissários e aeroviários. Os funcionários podem contar com assistência médica, já oferecida pela Azul, durante um prazo máximo de 12 meses.

Ultimamente a Azul tem realizado a transferência de aeronaves para a TAP Portugal, que inclui 9 aeronaves Embraer Ejet que atualmente compõe a frota da Azul, 8 ATR 72 e duas aeronaves A330-200. A 20ª aeronave que será transferida ainda não foi confirmada.

Durante o período que durar a validade de todas as licenças, a Azul não poderá contratar diretamente, tendo prioridade os que já estão em espera na lista, de acordo com a validade de cada um.

COMPARTILHAR