Azul anunciou hoje (09/08) os seus resultados do segundo trimestre de 2018 (“2T18”).

As informações financeiras apresentadas a seguir, exceto onde indicado, estão de acordo com as normas contábeis IFRS (International Financial Reporting Standards) e em reais. Os trimestres anteriores foram ajustados para refletir a adoção das novas normas contábeis do IFRS.

Destaques Financeiros e Operacionais do 2T18:

  • O lucro líquido, ajustado para itens não recorrentes, totalizou R$238,3 milhões, comparado com um prejuízo líquido de R$38,6 milhões no 2T17.
  • O resultado operacional ajustado foi de R$75,8 milhões, com margem de 3,7%, comparado com R$98,8 milhões e margem de 5,8% no 2T17.
  • Os passageiros transportados (RPKs) aumentaram em 17,4% frente a um aumento de 18,6% na capacidade, resultando em uma taxa de ocupação de 80,1%, 0,8 ponto percentual menor que o apresentado no 2T17.
  • Adicionalmente ao crescimento de dois dígitos na capacidade, o RASK e o PRASK aumentaram em 1,6% e 1,1%, respectivamente, considerando o ajuste da greve dos caminhoneiros. Assumindo uma etapa média estável, o RASK aumentaria 8,1% versus o 2T17.
  • O CASK ajustado, excluindo combustíveis aumentou 0,3% apesar da desvalorização de 12,2% do real. Mantendo a taxa de câmbio estável, o CASK ex-combustível teria reduzido 5,1%.
  • As despesas financeiras líquidas diminuíram em 26,9%, de R$111,8 milhões para R$81,8 milhões devido ao menor custo médio da dívida e a menor alavancagem ao comparar com o 2T17.
  • No final do 2T18, a liquidez foi de R$3,8 bilhões, o que representa 45% da nossa receita dos últimos 12 meses.
  • A frota operacional da Azul contava com 121 aeronaves no final do trimestre, incluindo 15 aeronaves da nova geração A320neo, que representam 24% da capacidade.
  • O TudoAzul apresentou crescimento de 38% no seu faturamento bruto comparado ao 2T17 excluindo a Azul.
  • A receita da Azul Cargo Express cresceu 64% comparado com o 2T17.
  • A Azul foi nomeada pelo oitavo ano consecutivo como a melhor aérea regional da América do Sul e também como melhor atendimento ao cliente na região pelo Skytrax Awards.
  • Durante o trimestre, a Azul manteve sua liderança em todas as categorias de atendimento ao cliente medida pelo Boletim de Monitoramento, da plataforma da ANAC consumidor.gov.br .
  • A Azul foi a companhia aérea mais pontual do Brasil no primeiro semestre de 2018, com uma taxa de pontualidade de 86,4% de acordo com a FlightStats.

Para acessar o Release de Resultados, clique aqui.

 

Eventos Recentes

Foto – Embraer/Reprodução

Em 17 de julho, a Azul anunciou carta de intenção de compra de 21 aeronaves Embraer 195-E2, aumentando a quantidade de pedidos firmes para 51. Com entregas a partir de 2019, a nova aeronave terá 136 assentos, 15% a mais que a geração atual.

Com um consumo mais eficiente de combustível, a Azul espera operar esses E2s com uma redução de 26% no custo por assento e 14% no custo por viagem comparado com a geração atual de E1s que opera. Adicionalmente, os E2s terão as mesmas exigências de habilitação, reduzindo significativamente o custo de treinamento de pilotos.

This post is available in: pt-brPortuguês