A Boeing lançou ontem (02/03), em parceria com a Leonardo, o helicóptero militar AW139 (que tem como designação da USAF MH139). Esses novos helicópteros tem como objetivo substituir os UH-1N “Huey”, que são os atuais helicópteros em missões de carga bélica e transporte de tropas.

A U.S. Air Force (Força Aérea dos EUA) utiliza os Bell UH-1N desde a década de 70 e deve grande participação na guerra do Vietnã. Ao todo 84 novos helicópteros MH139 devem ser adquiridos pela Força Aérea Americana.



Os helicópteros MH139 são modernos e multi-funções, classificações que agradam a USAF. Um dos diferenciais em relação aos concorrentes do MH139 “é uma economia de até um bilhão em aquisição e ciclo de vida que gira entorno de 30 anos”, afirma David Koopersmith, vice-presidente e gerente geral da Boeing Vertical Lift.

O índice de venda do AW139 não é baixo, cerca de 900 AW-139 estão em serviço entre meios militares e empresas privadas. Ao todo mais de 250 helicópteros foram montados e entregues na fabrica da Leonardo Helicopters, na Filadélfia.