A Textron Aviation anunciou hoje (14/06) que concluiu a fabricação da primeira unidade de produção do Cessna Citation Longitude. Essa aeronave atende ao mercado de jatos executivos de médio porte. 

Esta aeronave vai se juntar à frota de demonstração da empresa neste verão e viajará pelo mundo para mostrar as capacidades do Longitude, incluindo o seu interior. 

O primeiro voo do Cessna Longitude foi em outubro de 2016, até agora as quatro aeronaves do programa de testes já acumularam mais de 550 horas de voo. Uma quinta aeronave se juntará ao programa de testes em voo neste verão.

A Cessna espera entregar o primeiro Longitude para um cliente até o final de 2017.

Essa nova aeronave da Cessna faz parte de um novo lançamento realizado em Las Vegas, ele irá complementar a família de jatos executivos, hoje composta pelo Latitude, X e Soberano. A Cessna preferir incorporar novas tecnologias, como o Fly-By-Wire e Spoilers com acionamento elétrico.

A seção transversal da aeronave é a mesma do Latitude, seu irmão menor, porém a Cessna utilizou um padrão baseado no Hawker 4000, outra aeronave que hoje pertence a Cessna. Apesar de ser um jato da Cessna, os testes e fabricação estão ocorrendo na antiga fábrica da Hawker Beechcraft, boa parte devido a derivação do projeto Longitude.

This post is available in: pt-brPortuguês