A China Southern Airlines anunciou hoje que encomendou 30 aviões da família Boeing 737 MAX, para usar na sua subsidiária Xiamen Airlines. O acordo com a Boeing tem valor de US$ 3,6 bilhões, considerando o preço de lista.

O pedido inclui 20 aviões da variante MAX 8 e mais 10 da variante MAX 10, com entregas entre 2019 a 2022.

De acordo com a Boeing, o acordo foi assinado em julho de 2017, mas até o momento permaneceu apenas como “intenção de compra”, e sem descrição da empresa na lista de encomendas da Boeing.

This post is available in: pt-brPortuguês