A Delta Airlines anunciou hoje que realizou um investimento para adquirir 10% do grupo Air France-KLM, no valor total de 375 milhões de Euros (investimento da Delta), e com isso a companhia americana ganhou direito a um assento no Conselho de Administração do grupo Air France-KLM.

Juntamente a Air France-KLM comprará 31% das ações da Virgin Atlantic, para permitir a criação de uma joint-venture entre a Delta, Air France, KLM e Virgin Atlantic, uma força entre os Estados Unidos e Europa para o mercado de aviação.



“Esses aumentos de capital permitirão melhorar a estrutura financeira da Air France-KLM, acelerar a redução de sua dívida líquida e financiar a compra da participação na Virgin Atlantic “, disse o presidente-executivo da Air France-KLM, Jean-Marc Janaillac.

“Queremos reunir os pontos fortes da Delta, Air France-KLM e Virgin Atlantic em uma joint-venture, criando uma parceria transatlântica benéfica para clientes”, disse o CEO da Delta, Ed Bastian. O investimento de 10% da Delta foi realizado em conjunto com a China Eastern, que investiu o restante para totalizar € 751 milhões por 10% do Grupo Air France-KLM, essa companhia que está entre as maiores do seu país, assim como a Delta.

Foto – Air France Media

A Joint-Venture criada pela Delta também inclui a Alitalia e tem finalidade em fornecer mais de 300 voos diários entre a Europa e os EUA, sem escalas e 24 horas por dia. Tudo isso com compartilhamento de milhas entre todas essas companhias e grande conexão de voos para toda a Europa ou para os EUA.

Para clientes da Primeira Classe e da Executiva, todos os lounges serão compartilhados entre as companhias, então um cliente da Delta pode usar um lounge da Virgin Atlantic no Reino Unido sem pagar por isso, se tiver direito.

Foto – Robert Meerding/KLM

“Esta parceria sem escalas oferece ao Grupo Air France-KLM uma posição de liderança na indústria aérea mundial”, disse o presidente-executivo da Air France-KLM, Jean-Marc Janaillac. “Com a Delta e a Virgin Atlantic estamos reforçando a nossa aliança transatlântica, tornando-nos a aliança número um entre a Europa e os Estados Unidos em termos de tráfego”.

Essa é a maior parceria para voos transatlânticos do mundo, visto que ela oferece mais voos do que todas as outras alianças entre companhias aéreas. Porém o acordo ainda precisa passar por avaliação das autoridades locais de cada país.

A joint-venture entre a Delta e o Grupo Air France-KLM foi firmada em 2009, com a adição da Alitalia em 2010. Em 2012 a Delta fez um investimento na Virgin Australia para expandir suas operações globais e em seguida investiu 49% na Virgin Atlantic. Em 2015 a Delta ainda adquiriu 3,5% da China Eastern e em 2017 aumentou sua participação para 49% na Aeromexico e fez um acordo de joint-venture com a Korean Air.

Apesar de todos esses investimentos, a Delta não tinha organizado anteriormente uma joint-venture entre as companhias europeias que ela tem participação acionária, essa grande joint-venture só foi se concretizar hoje.

No Brasil a Delta detém 9,5% de participação na GOL Linhas Aéreas, a companhia que no momento é líder no mercado doméstico.