A Embraer e a Widerøe, maior companhia aérea regional da Escandinávia e operador de lançamento do E190-E2, chegaram a um acordo para o Programa Pool de Peças de reposição para a frota de E2 que em breve será incorporada pela companhia aérea. Este é o primeiro contrato de Pool assinado para os E-Jets E2, a segunda geração da família E-Jets de aeronaves comerciais da Embraer.

O contrato abrangerá mais de 300 componentes para a frota de jatos E190-E2 da companhia aérea. A Widerøe receberá o primeiro E190-E2 em abril de 2018, iniciando as operações regulares com a aeronave pouco tempo após a entrega.



“Este contrato lembra-me do primeiro Pool que assinamos para a atual geração de E-Jets, há 14 anos. Foi para apenas uma aeronave e acabou sendo o primeiro de muitos”, disse Johann Bordais, Presidente & CEO da Embraer Serviços & Suporte. “A Widerøe demonstra novamente a confiança na Embraer, seus produtos e no nível de suporte; algo que aprofunda ainda mais nossa responsabilidade e compromisso com a companhia aérea.”

O contrato da Widerøe com a Embraer é para até 15 jatos E2, consistindo em três pedidos firmes para o E190-E2, além de direitos de compra para 12 E2s. O pedido tem um preço de lista potencial de até USD 873 milhões, com todos os direitos de compra sendo exercidos. A companhia aérea vai configurar o E190-E2 em um confortável layout de classe-única com 114 assentos.

“A Embraer começou a nos apoiar no mesmo dia em que assinamos o contrato, e esse apoio continuou se desenvolvendo, em parceria com a nossa equipe, para garantir a entrada em serviço mais suave possível desta excelente aeronave, que revolucionará a nossa oferta aos nossos clientes”, disse Stein Nilsen, CEO da Widerøe. “Nossos pares, bem como outras companhias aéreas e operadores, aprovam com entusiasmo o Programa Pool da Embraer e isso foi fundamental na nossa decisão de aderir ao programa; é a escolha inteligente.”

O programa pool de peças de reposição da Embraer apoia atualmente mais de 40 companhias aéreas em todo o mundo. Concebido para permitir às companhias aéreas minimizar investimentos em recursos e estoques de alto custo, o programa conta com a expertise técnica da Embraer e sua ampla rede de provedores de serviços para reparo de componentes. Os resultados são uma significativa economia nos custos de reparo e estoque, redução no espaço necessário para armazenamento e eliminação de recursos necessários para gerenciamento de reparos, além de garantia dos níveis de desempenho.