A Embraer Executive Jets entregou o primeiro Phenom 100 EV para um cliente dos EUA, que não foi divulgado, no dia 31 de março. O novo modelo de aeronave foi certificado pela ANAC do Brasil e pela FAA. Uma evolução do Phenom 100, que entrou em serviço em 2008, o Phenom 100EV oferece um melhor desempenho com novos aviônicos e motores modificados.

“O Phenom 100 estabeleceu novos padrões na indústria quando chegou em 2008, aumentando as expectativas dos clientes de um jato executivo de nível básico”, disse Michael Amalfitano, CEO da Embraer Executive Jets. “A evolução do nosso Phenom reflete nosso compromisso de ouvir os clientes e continuar a oferecer aviões revolucionários com valor superior ao mercado”.

Interior do jato Phenom.

O aclamado Prodigy Touch vôo deck, que foi introduzido no mercado pelo Phenom 300, agora é destaque no Phenom de nível de entrada 100EV. Os motores modificados da Pratt & Whitney Canada (PW617F1-E) oferecem mais velocidade com desempenho superior, especialmente quando o avião está operando em regiões de alta temperatura e grande altitude.

Até o momento a Embraer já introduziu mais de 350 aeronaves Phenom 100 em 37 países, o jato já é conhecido por seus baixos custos operacionais e de manutenção, entre proprietários pilotos, corporações, fretadores e operadores fracionários. O Phenom 100 também está em uso por academias de treinamento de voo em todo o mundo.

Foto – Embraer/Divulgação

A Emirates Flight Training Academy será a segunda cliente da aeronave, ela irá compor um novo centro de treinamento de pilotos da Emirates Airline, com inauguração prevista para o fim deste ano para atendimento da crescente demanda do setor por pilotos, atualizou seu recente pedido de cinco Phenom 100E para o Phenom 100EV, tornando-se a primeira academia de voo no mundo a treinar seus cadetes com a nova aeronave.

O Phenom 100 EV tem motores Pratt & Whitney Canada PW617F1-E, com 1730 libras de empuxo, chegando a 405 nós em velocidade de cruzeiro e até 15% mais empuxo em aeroportos elevados e com altas temperaturas, o que equivale a mais alcance e menor tempo de subida. A aeronave tem alcance de 1178 milhas náuticas (2182 km) com quatro passageiros e reservas no padrão NBAA IFR.

Foto – Embraer/Divulgação

A cabine de comando permite operação com um só piloto, no modo Single Pilot, com alerta situacional elevado pela interface homem-máquina da aviônica Prodigy Touch, baseada no Garmin G3000, com painéis maiores e de alta resolução, telas divisíveis e novo radar meteorológico.

O Phenom 100 EV é a evolução da aeronave mais espaçosa de sua classe, com melhorias no interior, tais como novo perfil do corredor para aumentar o espaço e tomadas reposicionadas com carregador USB. A aeronave apresenta onze opções de design do interior, luz natural a partir de amplas janelas, inclusive no lavabo privativo, um compartimento de bebidas, escada integrada e o maior compartimento de bagagem entre os concorrentes.

This post is available in: pt-brPortuguês