A nova pintura da Lufthansa foi recebida com uma série de críticas, relatando a simplicidade das novas cores em comparação com a antiga.

Mas de acordo com o site aero.de, os diretores da companhia estão insatisfeitos devido à repercussão negativa da nova pintura, e também com as cores que compõem a nova livery.



Os diretores estão preocupados com o tom de Azul da nova cor. O ato de escurecer esse tom causou diferentes impressões sobre a cor, principalmente durante o inverno europeu, quando o azul pode se tornar preto, pela falta de luminosidade.

Realmente, a Europa foi afetada nos últimos dias por uma rigorosa frente fria, que derrubou a temperatura de todo o continente, causando até mesmo temperaturas negativas (em graus Celsius) na Alemanha.

Um porta-voz disse que as alterações não serão radicais, e que a equipe poderá tentar mudar apenas o tom de azul, para adaptar a essas situações.

No momento poucos aviões da Lufthansa estão com o novo esquema de cores, o que pode diminuir o custo da empresa em adaptar essa alteração nos seus aviões.