Você planeja viajar para o espaço algum dia?

Parece que arrumar um lugar para se hospedar por lá pode ficar um pouco mais fácil. A Rússia está planejando construir um “hotel de luxo” na Estação Espacial Internacional (ISS), a parte boa é a vista panorâmica do seu “quarto”, o módulo será voltado para a Terra, permitindo uma ampla visão dos visitantes.



Foto – NASA

Enquanto isso saiba que o módulo turístico é bem apertado, como tudo na ISS, só há espaço para quatro quartos e dois banheiros, a janela circular de 22 cm é para todos. Pelo menos há itens essenciais para sobrevivência, como estação médica personalizada e equipamentos de exercício que compensam a falta de gravidade. Na parte de conforto o módulo oferece conexão Wi-Fi e uma sala de convivência com 92 m³.

O hotel proposto custa entre US$ 404 milhões ou 26,2 bilhões de rublos. O investimento será recuperado em 7 anos de acordo com as previsões. Para o projeto ser realizado a Rússia precisa encontrar os primeiros 12 hóspedes que podem pagar uma entrada de US$ 4 milhões pela viagem.

Passeios pela ISS são bem vindos nos planos propostos pela Roscosmos (Agência Espacial da Rússia).

 

Planos e preços

Se a Rússia colocar esse plano em prática uma ida à ISS deverá custar cerca de US$ 20 milhões para duas semanas no local, como o lançamento é a parte mais cara, com mais US$ 20 milhões você consegue ficar mais duas semanas na Estação, totalizando um mês.

De acordo com a Roscosmos o plano mais “caro” permite uma passeada fora da ISS acompanhada por um astronauta. Mas a saúde do turista também precisa estar íntegra para esse serviço ser possível.

Você toparia passear no espaço?

O lançamento dos turistas será realizado através do foguete Soyuz, bastante confiável e responsável atualmente por levar os astronautas até a Estação Espacial Internacional.

 

Porque eles querem fazer isso?

A Roscosmos precisa bancar um novo módulo de pesquisa, chamado até então de NEM, com esse dinheiro seria possível iniciar a construção de um novo local para os astronautas realizarem pesquisas.

Anteriormente a SpaceX já tinha proposto uma ida até a Lua (sem pouso) usando o Falcon Heavy, o custo de toda a missão é de US$ 100 milhões. Com uma viagem mais “econômica” talvez Elon Musk se anime de também colaborar nesse hotel espacial. Dessa forma o hotel nunca ficaria vazio.

Vale lembrar que o lançamento da SpaceX ainda é mais caro, em comparação com o lançamento da Soyuz, um foguete em atividade há 50 anos.

Com tantos investimentos, está cada vez mais longe da ISS se aposentar em 2025, talvez isso seja adiado novamente por mais 10 anos.

O módulo turístico não será instalado antes de 2021 na ISS.