O projeto Facilitação e Ampliação do Acesso Gratuito ao Transporte Aéreo de Órgãos, Tecidos e Equipes para Transplantes, da Secretaria de Aviação, foi o terceiro colocado, entre 102 inscritos, no 20º Concurso Inovação na Gestão Pública Federal da Escola Nacional de Administração Pública (Enap).

O estudo, de autoria do servidor da secretaria Marco Antonio Lopes Porto, descreve todo o esforço de articulação e preparação dos atores aeroportuários envolvidos com objetivo de facilitar, agilizar e priorizar o transporte aéreo de órgãos, tecidos e equipes médicas para cirurgias de transplante.

O trabalho pontua e detalha o trabalho de instituições como companhias aéreas, Infraero, Abear (Associação Brasileira de Empresas Aéreas), o Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea/Ministério da Defesa), a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) e as concessionárias administradoras de aeroportos (Brasília, Viracopos, Guarulhos, Confins e Galeão).

Desde 2011, a Secretaria de Aviação do Ministério dos Transportes coordena um grupo de trabalho dedicado ao assunto. Com o projeto, o servidor buscou melhorar a atividade de articulação e comunicação junto aos atores envolvidos no processo.

 

Via – Portal Brasil.gov

COMPARTILHAR