Em 2016 a Airbus lançou seu novo conceito de cabine chamado de “Air Space by Airbus”, a finalidade é oferecer bem estar para os passageiros combinado com o desempenho operacional para as companhias aéreas.

A primeira aeronave que a Airbus vai equipar com a nova tecnologia é o A330neo, e não deu outra, nesta semana o segundo A330neo de testes, e também o segundo fabricado, apareceu com uma identificação especial na lateral da aeronave com a escrita Air Space, indicando que a segunda aeronave de testes da família A330neo será equipada com uma cabine completa de passageiros, e também com o interior Air Space.



As primeiras fotos da aeronave, ainda sem os motores, foram capturadas por jujugspotting, e você pode conferir no final da matéria.

Agora o A330neo está seguindo para a etapa final de instalação dos motores Trent 7000, que atrasaram mais de 6 meses por dificuldades da Rolls-Royce na concepção do mesmo. O primeiro voo da aeronave está previsto para ocorrer entre setembro e outubro deste ano, o programa de testes deve ter dois aviões em sua frota e ser finalizado em 2018, quando ocorrerá a primeira entrega para a TAP Portugal.

A Airbus afirma que o novo interior Air Space além de fornecer um amplo conforto e modernidade também melhora alguns aspectos fundamentais na experiência do passageiro, a reformulação total dos acabamentos permitiu que a Airbus incorporasse maiores bins para bagagem de mão, bem como assentos mais largos, banheiros com mais espaço e também o novo desenho dos assentos liberou quase totalmente o espaço abaixo do mesmo.

Depois de anunciar a implementação dessas evoluções no A330neo e no A350XWB, nesta semana a Airbus relatou que até 2020 atualizará toda a família A320neo para o novo interior Air Space, com características específicas para atender o mercado do A320. (veja mais clicando aqui)