O Sukhoi SSJ100 pode ganhar em breve um motor com proposta “ocidentalizada”, trata-se do Pratt & Whitney PW1200G.

O motor PW1200G é conhecido por equipar o Mitsubishi MRJ, um jato regional de fabricação japonesa concorrente do produto russo, ele gera cerca de 17000 lbs, algo perto das 18000 lbs do PowerJet SaM146.

O novo motor é uma forma da Sukhoi investir em uma atualização do produto, para concorrer com os novos jatos da Embraer, Bombardier e Mitsubishi.

Por esse mesmo motivo a Sukho itambém planeja oferecer o SuperJet com uma versão do motor Aviadvigatel PD-14, que equipa o MC-21, um motor alinhado com as tecnologias de nova geração.

A empresa também confirmou que espera lançar uma versão de 75 assentos, depois de um pedido para 100 aviões com essa configuração. Para isso a Sukhoi terá que encurtar a fuselagem da aeronave para reduzir o número de assentos, além de diminuir o tamanho da asa.

A cabine do jato será atualizada com os aviônicos do MC-21, para padronizar os procedimentos de operação entre as aeronaves russas. 

 

This post is available in: pt-brPortuguês