Recentemente a Swiss Airlines finalizou as suas operações com o jato regional Avro RJ100, após 15 anos operando voos sem parar com o “jumbolino”.

A rota de encerramento foi realizada entre Genebra e Zurique, com o avião de matrícula HB-IYZ, um tradicional batismo com água foi realizado após o pouso, marcando o fim das operações do Avro na frota da Swiss. Em solo o avião foi recebido por uma multidão de funcionários da companhia e também do aeroporto.

Para comemorar o voo final, a Swiss convidou pessoas específicas para o voo, como executivos da companhia, alguns funcionários e uma equipe de imprensa. Ao todo 21 RJ100 operaram pela Swiss ao longo desses 15 anos.

Bombardier CS100 da Swiss.

O novo avião responsável por fazer rotas regionais e para aeroportos de pequeno porte na Swiss será o Bombardier CS100, configurado com 125 assentos, sendo 20 na Business Class e 105 na Economy Class. Para comparação, o Avro era configurado com 97 assentos no total e duas classes, a principal vantagem do CS100 é, além da autonomia estendida, o menor custo por passageiro transportado, possibilitando que a companhia aplique menores preços em suas passagens.

“Fazer este pouso final em nossa casa a bordo de um Avro foi uma experiência muito emotiva para mim! A retirada do serviço dessa aeronave marca o fim de uma era na história da aviação na Suíça “, disse Michael Weisser, capitão e chefe da frota de Avro, que realizou o voo de Genebra para Zurique com seu vice-chefe da frota, o capitão Peter Huber.

 

This post is available in: pt-brPortuguês