As baixas temperaturas de Porto Alegre nos últimos dias já começaram a afetar as operações do aeroporto, na manhã da última quarta-feira (19/07) cinco voos da Azul foram atrasados por uma situação típica de aeronaves que operam no inverno do hemisfério norte, gelo acumulado nas asas e na fuselagem das aeronaves.

No total foram cinco voos que atrasaram no Aeroporto de Porto Alegre, eles decolariam logo cedo, porém a baixa temperatura de 2,9º C fez a umidade do ar condensar e em seguida congelar na estrutura de metálica da aeronave, o voo que acumulou maior tempo de atraso foi o AD2601, que tinha como destino o Aeroporto de Viracopos, a partida estava marcada para 5h45 mas o avião só decolou depois das 9h20.

Outro voo que atrasou bastante tinha como destino o Aeroporto de Congonhas, a partida foi realizada às 09h12, acumulando mais de uma hora de atraso. Em todas essas situações os voos foram realizados com aeronaves da Embraer, que como qualquer outra necessitam de remoção do gelo antes da decolagem.

Outros voos atrasados partiriam para Viracopos, Curitiba e Guarulhos, porém a decolagem foi realizada poucos minutos após o horário previsto.

O gelo apresenta um perigo para as aeronaves, visto que a camada sólida de água congela as superfícies móveis do avião e limita os movimentos do mesmo, além de congelar/entupir outras partes críticas de uma aeronave, como o tubo de pitot. É normal o procedimento de descongelar uma aeronave que está com acúmulo de gelo em sua estrutura, quando ela está ainda em solo, para isso os mecânicos usam equipamentos especiais e um fluido anti-congelante, para garantir que a água quente não congelará novamente na superfície do avião.

Em nota oficial a Azul Linhas Aéreas disse:

A Azul Linhas Aéreas Brasileiras informa que, na manhã desta quarta-feira, cinco voos da companhia registram atraso na decolagem em Porto Alegre. O motivo é a necessidade de remoção do gelo acumulado sobre as asas das aeronaves. Os clientes estão recebendo toda assistência necessária de acordo com a Resolução 141 da Agência Nacional de Aviação Civil.

 

Veja mais em:

Curiosidade do dia – Retirando o gelo da aeronave

COMPARTILHAR