A-29 Super Tucano

O avanço do Talibã no Afeganistão causou não só a bagunça no Aeroporto Internacional de Kabul, mas também uma evacuação em massa das forças armadas afegãs. Em um dos voos de fuga para o Uzbequistão, um A-29B Super Tucano acabou colidindo com um MiG-29 ao ser interceptado. 

O acidente ocorreu na noite do dia 15 em Sherabad, província de Surkhandarya, na fronteira entre os dois países. Para evitar a captura das aeronaves pelo grupo, militares afegãos fugiram com aeronaves A-29 Super Tucano, AC-208 Caravan, UH-60 Black Hawk, MD-350, Mi-8 Hip e Mi-35, buscando refúgio no Uzbequistão. Cerca de 46 aeronaves militares do Afeganistão pousaram no Aeroporto de Termez. No domingo, informações davam conta de que um dos Super Tucanos teria sido abatido pela defesa uzbeque. 

No entanto, o que realmente ocorreu foi uma colisão entre um dos A-29 com um MiG-29 Fulcrum da Força Aérea Uzbeque. Segundo informações apuradas pela Revista Força Aérea, três A-29 afegãos adentraram o espaço aéreo uzbeque tentando pousar no Aeroporto de Khanabad, mas foram redirecionados para Termez e acompanhados por dois MiG-29. A Procuradoria Geral do Uzbequistão informou que, durante a escolta, um dos A-29 colidiu com o MiG-29, com os tripulantes ejetando. Eles foram resgatados e levados ao hospital de Termez. 

A Procuradoria Geral está investigando e abriu medidas judicias para tratar da entrada de 158 afegãos, civis e militares, no país através do Rio Amu Darya. A Força Aérea Afegã possui cerca de 14 Super Tucanos, um dos quais foi capturado pelo Talibã. 

DEIXE UMA RESPOSTA