a330 mrtt eau
A330 MRTT da UAEAF. Foto: Jonathan Palombo via Wikimedia (CC BY 2.0).

A Elbit Systems de Israel anunciou nesta segunda-feira (03) que recebeu um contrato para fornecer sistemas de autodefesa para os A330 MRTT dos Emirados Árabes Unidos. O negócio avaliado em US$ 53 milhões cobre a integração de sistemas de Guerra Eletrônica Embarcada e Contramedidas Infravermelho Direta (DIRCM). 

Segundo a companhia, os trabalhos serão realizados ao longo de um período de 5 anos pela sua subsidiária nos Emirados Árabes, a Elbit Systems Emirates Limited. De acordo com o contrato, a Elbit Systems Emirates entregará uma configuração de várias torres do sistema de autoproteção J-MUSIC ™ junto com o sistema de alerta aerotransportado passivo baseado em infravermelho da empresa, fornecendo altos níveis de proteção e redundância. 

Airbus A330 MRTT Emirados Árabes
Airbus A330 MRTT dos Emirados Árabes Unidos. Foto; Airbus/Divulgação.

Os sistemas DIRCM da empresa acumularam mais de 350.000 horas de voo operacional até o momento e estão instalados a bordo de mais de 25 tipos de aeronaves. A empresa está testemunhando uma demanda crescente por esse tipo de capacidade de autoproteção em vista da crescente ameaça que as aeronaves enfrentam com mísseis antiaéreos disparados de ombro (MANPADS).

A Elbit Systems vê os Emirados Árabes Unidos como um mercado importante e acredita que a outorga deste contrato destaca ainda mais a vantagem tecnológica e a maturidade das soluções oferecidas pela Empresa neste campo, afirma a companhia. 

Durante o Dubai Airshow deste ano, a Força Aérea dos Emirados Árabes Unidos anunciou a aquisição de mais dois A330 MRTT, aumentando de três para cinco a sua frota de reabastecedores multimissão da Airbus. A primeira aeronave deve ser entregue ao país em 2024.

DEIXE UMA RESPOSTA