Aeronave russa SuperJet em operação pela Aeroflot.

A Aeroflot assinou nesta semana um contrato de intenção de compra com a Sukhoi para o fornecimento de 100 aviões SSJ100, um jato regional de concepção da UAC, um conglomerado de empresas do setor aeronáutico de propriedade pública da Rússia.

Essas aeronaves serão configuradas com 12 assentos em classe executiva e 75 na econômica. 

O contrato será concluído após a “finalização de todos os termos essenciais” e sua aprovação corporativa pela Aeroflot. O valor total gira por volta de US$ 3 bilhões.

Superjet da Aeroflot pronto em linha de montagem da Sukhoi.

Se aprovado, a Sukhoi vai entregar os aviões entre 2019 e 2026. Vale ressaltar que a Aeroflot já opera com 49 aviões desse modelo.

A Sukhoi não economizou elogios à Aeroflot, citando a empresa como uma grande influenciadora do projeto do SSJ100. Logicamente esse parece ser um movimento da Rússia para reforçar a sua própria indústria, visto que no início de 2018 a Aeroflot assinou um contrato com a Irkut para o fornecimento de 50 aviões MC-21, uma aeronave comparável ao Airbus A320neo.