Mesmo com a chegada de 10 caminhões de combustível na noite de ontem, as reservas de querosene de aviação (QAV) no Aeroporto de Brasília continuam em níveis de atenção. A quantidade de insumo ainda não é suficiente para a regularização das operações aéreas no Terminal.

Após o reabastecimento de ontem os níveis dos reservatórios subiram para 18%, contudo as reservas seguem caindo nesta segunda-feira (28). No total, houve 9 cancelamentos e nenhum voo atrasado até às 12h00. As 5 operações canceladas na partida foram em decorrência da falta de combustível. 

Coordenado pela Inframerica e as companhias aéreas, um acordo determina que o abastecimento siga restrito, mas para continuar com o aeroporto operacional as empresas aéreas têm utilizado o QAV do Terminal.

A concessionária tem contado com o apoio das companhias aéreas para manter a movimentação. Muitas aeronaves que chegam à capital possuem capacidade para decolar sem abastecer, o que tem prolongado a vida dos reservatórios.

A concessionária segue orientando os passageiros para que busquem informações com as companhias aéreas antes de se deslocarem para o Aeroporto de Brasília.

No início da tarde de hoje (28/05), um caminhão-tanque chegou ao Aeroporto de Brasília, com 60 mil litros de querosene (QAV). A concessionária espera receber ainda hoje 24 caminhões com combustível.