Foto - Divulgação / Infraero

O Aeroporto Internacional de Curitiba/São José dos Pinhais – Afonso Pena (PR) foi agraciado, nesta terça-feira (4/7), com o prêmio Aeroporto + Brasil 2018, por meio de resultados consolidados do ano de 2017 da Pesquisa de Satisfação do Passageiro, divulgada anualmente pelo Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil. A premiação elencou os terminais por três classes – até 5 milhões passageiros, de 5 a 15 milhões e acima de 15 milhões

O terminal curitibano detém o título desde 2016. Além da categoria principal, o Aeroporto de Curitiba ainda foi apontado como o melhor em mais 7 categorias, na avaliação de aeroportos que movimentam entre 5 e 15 milhões de passageiros ao ano, com eficiência em check-in, raio-x, e no quesito conforto.

O Afonso Pena ainda dividiu com o Aeroporto Internacional de Manaus – Eduardo Gomes (AM) o prêmio de melhor eficiência na Restituição de Bagagem, no Controle Migratório e no Controle Aduaneiro. O terminal manauara ganhou para aeroportos com até 5 milhões de passageiros por ano.

Outros dois aeroportos da Rede Infraero também foram condecorados entre os 12 itens avaliados. Na categoria “Mais facilidades aos passageiros”, o Eduardo Gomes também levou o prêmio, desta vez, juntamente com o Aeroporto Santos Dumont (RJ), que recebe o título pelo segundo ano consecutivo.

Foto – Infraero/Divulgação

“Nós da Infraero estamos muito orgulhosos em ver o reconhecimento dos nossos usuários ao levarmos o melhor serviço do país. O nosso intuito é o de levar a melhor experiência aos nossos colaboradores. Estaremos atentos para que esta qualidade se estenda a todos os nossos aeroportos da Rede”, comemora Antônio Claret de Oliveira, presidente da Infraero.

Em comemoração aos cinco anos do prêmio Aeroportos + Brasil, o Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil, ainda premiou o terminal que mais evoluiu entre 2013 e 2017, concedendo o título ao Aeroporto Internacional de Manaus, com melhora de 33% na sondagem.

O Aeroportos + Brasil é um evento anual e a premiação é feita com base na consolidação das quatro rodadas trimestrais da pesquisa, utilizando as entrevistas realizadas pela Praxian – Business & Marketing, que tem nível de confiança de 95% e margem de erro de 5%. A escolha dos vencedores foi apontada pelos próprios passageiros de voos domésticos e internacionais, com base nas 54,5 mil pessoas entrevistadas ao longo de todo o ano de 2017.